4 de fevereiro de 2011

Programa J.A. Amigos da Esperança

Autoria: Pamela Campos Levy – Diretora J.A da IASD São Francisco – Manaus – AM

A sequência do programa está montada em slides

(Você pode baixar os arquivos em: http://www.4shared.com/dir/AMwox1Wu/Cul)

Louvor:

- Amigos pra Sempre – 2004

- Descobrindo Amigos – J.A 2007

- Você pode ter amigos – J.A 2008

- Ser Amigo – J.A 2005

Hino Inicial: Amigos da Esperança – J.A 2011

Oração Inicial: Diretor Jovem ou Ancião Jovem

CAIXA DE ENTRADA: (Material em Anexo)Você tem um email”, esta mensagem aparece no telão. Fazer a leitura do “email”: FAZENDO AMIGOS (Arquivo ‘Amigos_da_Esperanca.pptx’). Após a leitura do texto, dar as boas vindas.

Louvor Especial: Pode ser cantado por um dueto, grupo musical, coral ou solo. Uma música que fale sobre Amizade.

BLOG: (Material em Anexo) (Arquivo ‘Amigos_da_Esperanca.pptx’)

Concurso Musical sobre Amizade: Convidar duas pessoas que gostam de música ou de cantar para participar. Cada um deverá cantar trechos de músicas sobre amizade. Ao clicar em cada quesito do ppt, um trecho de uma música sobre amizade será tocado. Em algum momento a música pára e o participante deve completar o trecho. Sugestão: cada participante escolhe um ícone (nota musical ou violão) e o concurso segue na ordem numérica, ou cada participante pode escolher aleatoriamente os números. (Arquivo Concurso_musical.pptx)

WIFI ZONE: O quadro WiFi Zone é o momento de oração. Momento em que todos devem se comunicar com Deus por uma rede sem fio. Entregar um pedaço de papel (material em anexo) para cada pessoa presente na igreja. Cada pessoa deverá pensar em um nome de um amigo não adventista por quem deseja orar. Todos deverão escrever o nome da pessoa no coração de papel e depositar na caixinha de oração que estará perto do púlpito. A pessoa que estiver a frente explicará que cada um se comprometerá de orar por aquela pessoa, durante aquela semana e lhe fará um convite para ir a igreja. Enquanto as pessoas estiverem caminhando para depositar os nomes na caixinha, cantarão a Música Tema: Amigos da Esperança (Arquivo ’01 AMIGOS DA ESPERANCA.ppsx’) em atitude de oração. Ao final uma pessoa faz uma oração intercessória pelos nomes ali depositados. (Ao final do Culto Jovem entregar a caixinha para o grupo de oração da igreja)

SALA DE BATE-PAPO (Testemunho): Entrevistar uma pessoa que se tornou adventista pela amizade. Se possível fazer a entrevista com o amigo que a levou pra igreja também. Perguntar como eles se conheceram, qual foi a primeira impressão que ela teve da igreja, o que mais lhe chamou a atenção na igreja, etc. (Arquivo ‘Amigos_da_Esperanca.pptx’)

TWITTER (Anúncios): Momento para os anúncios da Sociedade J.A, Desbravadores e Aventureiros. (Arquivo ‘Amigos_da_Esperanca.pptx’)

faceAmigo: Momento para apresentar os amigos visitantes. Uma pessoa deverá ficar na recepção para receber as visitas. Tirar uma foto de cada visitante e anotar o nome. Durante a programação, uma pessoa fica responsável de colocar as fotos nos slides para apresentar. Conforme cada pessoa for sendo apresentada, adicionar como amigo no FaceAmigos. (O modelo de slide em arquivo ‘faceAmigo.pptx’)

Louvor Especial: Pode ser cantado por um dueto, grupo musical, coral ou solo. Uma música que fale sobre Esperança.

Mensagem (sermonete) 15 min: (Material em Anexo)

Hino Final: Amigos da Esperança – J.A 2011 (Arquivo ’01 AMIGOS DA ESPERANCA.ppsx’)

Oração Final: pela mesma pessoa que pregou o sermonete.

ANEXOS

CAIXA DE ENTRADA: FAZENDO AMIGOS

Jane sentou-se na sala para olhar um panfleto que acabava de chegar pelo correio. Era a propaganda de um certo “Seminário do Apocalipse”, que seria realizado em sua cidade. Ela havia estudado a Bíblia por seis meses, e certamente estava interessada nas profecias bíblicas, mas aquelas figuras de animais no panfleto pareciam muito estranhas, e ela nunca ouvira falar da pessoa que dirigiria o Seminário. Jane queria ir, mas afinal prevaleceram os seus temores de que alguma seita poderia estar por trás daquelas reuniões; ela amassou o folheto e jogou-o no lixo.

Umas três horas mais tarde, sua amiga Bárbara chegou para uma visita. Elas conversaram por alguns minutos, e então Bárbara disse: “Jane, o pastor da minha igreja, que é muito meu amigo, está realizando uma série de estudos bíblicos sobre o livro do Apocalipse. Aqui está um pequeno panfleto que dá todas as explicações; você gostaria de ir?” E Bárbara entregou a Jane o mesmo folheto que ela acabara de jogar fora. Mas desta vez Jane disse: “Vou gostar de ir. A propaganda parece muito interessante!”

O que fez a diferença entre o folheto que foi amassado e o que foi aceito? A amizade. A amizade afasta o preconceito, derruba barreiras e estabelece uma ponte entre o desconhecido e o conhecido. A amizade é o meio que Deus usa para atrair homens e mulheres a Si.

BLOG: A AMIZADE DERRUBA BARREIRAS!

Muitos estudos importantes têm documentado a importância da amizade na conquista de almas. O Dr. Gotfried Oosterwal, da Universidade de Andrews pesquisou 4.000 conversos à igreja Adventista do 7o. Dia na América do Norte. Ele descobriu que 57% de todas as pessoas convertidas à igreja adventista foram convidadas para reuniões evangelísticas, ou para a igreja, por parentes ou amigos.

Quando o Dr. Oosterwal examinou todos os agentes que influenciaram as pessoas a se unirem à igreja, ele descobriu que vizinhos e amigos estavam em primeiro lugar. Eles se constituem na maior influência em levar para a igreja pessoas que ainda não são membros.

ANTES DE VOCÊ FAZER UM AMIGO ADVENTISTA DO SÉTIMO DIA, VOCÊ DEVE FAZER UM AMIGO

Um estudo realizado por Flavel Yeakley examinou três diferentes grupos de 240 pessoas. O primeiro grupo consistia de pessoas que haviam saído da igreja. Yeakley descobriu que 71% destas pessoas haviam sido trazidas por alguém que usara o método MONÓLOGO MANIPULATÓRIO, isto é, alguém tentara agarrá-las pelo braço e pressioná-las para dentro da igreja.

O 2o. grupo consistia de pessoas que não atenderam ao apelo do evangelho – não tomaram nenhuma decisão por Cristo. Yeakley descobriu que 84% destas pessoas entraram em contato com alguém que usou o método TRANSMISSÃO DE INFORMAÇÃO, alguém que simplesmente partilhou a verdade do modo “é pegar ou largar” – “Se você aceitar exata mensagem, você vai para o Céu; se não aceitar, vai para o inferno”.

O terceiro grupo consistia de ativos membros da igreja. Yeakley descobriu que 94% destas pessoas haviam sido trazidas por alguém que usou o método do DIÁLOGO CRIATIVO, alguém que fez perguntas, demonstrou interesse por elas, tornou-se um amigo.

A AMIZADE LEVA AS PESSOAS PARA A IGREJA E AS AJUDA A PERMANECER

Estudos tornam claro como o cristal o importante papel da amizade, da atenção, ao trazer pessoas para a igreja. Estudos também demonstram que a amizade conserva as pessoas na igreja.

O Dr. Win Arn comparou 50 pessoas que eram membros ativos da igreja com 50 pessoas que haviam saído da igreja. Ele verificou quantos amigos cada pessoa tinha na igreja nos primeiros seis meses após tornar-se membro. Sua descoberta foi: A GRANDE MAIORIA DOS QUE SAÍRAM POSSUÍA POUCOS AMIGOS, SE É QUE TINHAM ALGUM, DENTRO DE SEIS MESES APÓS SE UNIREM À IGREJA.

A amizade leva as pessoas para a igreja e a amizade as ajuda a permanecer. Como podemos estabelecer laços de amizade com outras pessoas? Como podemos nos tornar no amigo que leva outra pessoa a Cristo? Jesus nos mostra a melhor maneira de ser um amigo que ganha almas.

SERMONETE –

CONSTRUINDO PONTES

Mark Finley

Numa fria noite de outono, em Chicago, Bill caminhava por uma rua estreita. Havia um redemoinho de folhas em volta de seus pés, e um redemoinho de idéias em sua cabeça. Estava atravessando um período crítico em sua vida e algumas perguntas o perturbavam: Quem sou eu? Qual é o significado da vida? Será que vale a pena?

Ele ia caminhando, desanimado, quando chutou um monte de folhas e viu que voou um pedaço de papel. Por alguma razão, ele apanhou-o e o colocou no bolso. Quando chegou em casa, tirou o papel no bolso. Era um convite para uma série de conferências em Elmhrst, Illinois. Quando viu os títulos das palestras no convite, disse pare si mesmo: “Estas são as perguntas que venho me fazendo.” Então ele começou a assistir às reuniões. Aquele pedaço de papel escondido num monte de folhas levou Bill a uma experiência que transformou sua vida.

Em todo o mundo, homens e mulheres estão insistentemente fazendo importantes perguntas. Em seu íntimo eles se preocupam com o significado e o propósito das coisas.

Recentemente, uma equipe especializada realizou uma pesquisa e verificou que as cinco perguntas que os americanos mais fazem são:

• Como posso superar a solidão?

• Como posso controlar o stress?

• Como posso encontrar paz interior?

• O mundo será destruído?

• Por que existe tanto sofrimento? (Pesquisa de Bell e Associados)

Eu acredito que o Espírito Santo está despertando estas perguntas. E ele tem um meio de colocar aqueles que têm perguntas em contato com aqueles que têm as respostas. Deus deseja que cada um de nós descubra na Bíblia respostas que façam de nós, elos na corrente que vem do Céu para alcançar homens e mulheres.

Um certo eunuco etíope tinha perguntas. Ele estava lendo as profecias messiânicas de Isaías e não sabia quem poderia ser este Redentor. Por isso Deus enviou Filipe, que juntou-se a ele na sua carruagem e começou a apresentar a vida de Jesus a um atento ouvinte.

MUITOS ESTÃO ESPERANDO PARA SER RECOLHIDOS

Há pessoas no nosso redor que sentem que estão vivendo no limiar de uma terrível crise. Elas estão aguardando alguém com respostas. Muitos estão procurando compreender as profecias da Bíblia. Ellen White nos diz:

“Muitos há que estão lendo as Escrituras sem compreender-lhes o verdadeiro significado. Em todo o mundo homens e mulheres olham atentamente para o Céu… Muitos estão no limiar do reino, esperando somente serem recolhidos.” Atos dos Apóstolos, p. 109.

Homens e mulheres sinceros “no limiar do reino” estão esperando por alguém que lhes mostre como entrar.

PARA COMEÇAR ESTUDOS BÍBLICOS

Devemos demonstrar interesse, ou atenção, oferecendo-lhes nossa amizade, ajudando, e então oferecemos literatura ou estudo bíblico. Nunca me esquecerei da maneira como meu pai demonstrou que se preocupava comigo. Minha mãe me criou como um católico e educou-me em colégios católicos. Quando meu pai tornou-se adventista, ele não começou imediatamente a me dar estudos doutrinários. Ele dedicou-se a ficar especialmente próximo a mim.

Papai não gostava de esportes, mas eu, aos 17 anos, certamente me interessava. Então ele passou a se interessar também. Eu estava jogando basquete; precisávamos urgentemente de um treinador. Então papai aprendeu basquete e tornou-se nosso treinador. Quando tivemos um jogo numa 6ª feira à noite, ele explicou porque não poderia ir. Mas não me condenou por jogar. Ele disse: “Estarei orando por você em casa.”

Papai não gostava muito de pescar, mas eu gostava. Então ele dizia: “Filho, você vai à missa Domingo de manhã e mais tarde vamos pescar.” Papai mostrou sua dedicação de maneiras tangíveis. Quando eu comecei a fazer as grandes perguntas sobre a vida e a morte, ele estava preparado para as respostas; ele deu-me livretos para ler e começou a estudar a Bíblia comigo.

Finalmente, chegou o dia em que me convidou para uma reunião evangelística. Eu estava indo dançar, Sábado à noite, bem em frente ao auditório onde as reuniões eram realizadas. Papai disse que eu podia ir antes que a dança começasse. Eu fui e assisti ao que pensei ser a palestra mais sem graça que já tinha ouvido. Mas a reunião seguinte foi um pouco mais interessante e eu fiquei um pouco mais. Gradualmente meu interesse nas profecias bíblicas aumentou e meu interesse na dança do outro lado da rua diminuiu – até que eu aceitei a verdade bíblica.

Nós podemos ser pontes – pontes entre os interessados dos programas e o estudo bíblico pessoal – ponte entre os nossos queridos e o estudo bíblico pessoal. Primeiro demonstre aos seus familiares que os ama, de uma maneira tangível, e então ofereça-lhes literatura para despertar seu interesse. Em seguida, convide-os para sentar e conversar sobre suas dúvidas com maior profundidade. Finalmente, convide-os para algum Seminário ou reunião evangelística.

Deus tem alguém para você ganhar. Faça a oração que encontramos em um apreciado hino:

“Senhor, coloca alguma alma sobre o meu coração e ama esta alma através de mim, e que eu possa humildemente fazer a minha parte em ganhar esta alma para Ti.”

Um componente-chave ao nos tornarmos pontes entre a verdade e o nosso próximo, é mencionado por Paulo em I Pedro 2:12 e 15.

Fonte: Central de Jovens

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...